Silhueta

Porque prestar atenção nas gáspeas do sapato

Porque prestar atenção nas gáspeas do sapato

Na hora de escolher um sapato, a gente pensa no conforto, na cor, na altura do salto, mas pouca gente sabe da importância de prestar atenção nas gáspeas do sapato, que podem interferir bastante na silhueta e no resultado final do look.

Gáspeas do sapato

Para quem não sabe, a parte da frente dos sapatos (que cobre os dedinhos), é chamada de gáspeas.

Se um sapato tem as gáspeas que cobrem muito os dedinhos, e chegam a cobrir um pedaço maior do pé, dizemos que é um modelo de “gáspeas altas”; e se elas cobrem os dedos mas fica rasa, meio que deixando aparecer o comecinho dos dedos, então dizemos que é um modelo com “gáspeas baixas”.

Para visualizar melhor, veja como que as sapatilhas bem abertas e scarpins têm as gáspeas baixas deixam um pedaço dos dedos à mostra e bastante peito do pé de fora:

Agora compare com sapatos como os docksides, oxford e mocassins, que têm as gáspeas mais altas e escondem boa parte do pé:

Que tipo de gáspeas escolher?

Assim como tudo na moda e na consultoria de estilo, o certo e o errado vai depender da mensagem que você quer passar e das suas prioridades, assim como o que você quer fazer na sua silhueta.

Quanto mais baixa a gáspea do sapato é, mais perna aparece no look – e então a gente tem sensação de perna mais longa (e de silhueta mais alongada também!). Por outro lado, quanto mais alta a gáspea, quanto mais ela cobre o pé, menos perna fica aparente e a gente acaba tendo a sensação de perna encurtada (e um pouquinho mais grossa).

Isso tudo vale pra quem tá de vestido, saia, bermuda, pantacourt ou shortinho, que evidenciam o efeito que a gáspea tem na silhueta, como dá pra ver com essa minha cliente da consultoria de estilo presencial. Com calça comprida a perna já está alongada, independente da gáspea do sapato.

No dia de compras a ideia é a cliente experimentar coisas novas e ver que funcionam para o seu corpo, estilo e demandas de rotina e de vida. Nesse look (dos vários que ela experimentou e comprou) a cliente viu: ✔ como as cores da sua coloração pessoal a favorecem, ✔ que deixar os braços de fora não tem problema nenhum 💪 ✔ que estampa não é uma inimiga de quem tem quadril largo, ✔ que se a gente focar no que a gente tem de mais bonito, a gente até esquece que não gosta de algumas coisas no corpo! 😎 . . . #consultoriadeestilo #personalstylist #estilo #rj #estilopessoal #vestindoautoestima #dicadeestilo #lookdodia #lookdacliente #cores #personalshopper #diadecompras #shopping #compras #plussize #vistaquemvocêé #styling #girlpower #girlsgang

A post shared by Vestindo Autoestima (@vestindoautoestima) on

Gáspeas para alongar a silhueta

Então, na hora de escolher o sapato e o tipo de gáspeas, vale pensar sempre na gáspea mais baixa ou escolher sapatos com gáspeas altas em tons próximos do tom da pele (os tons de nudes pra cada uma!) se a ideia for alongar a silhueta, ou coordenar a cor do sapato com a cor da parte de baixo do look (tudo claro ou tudo escuro!), e para ter um efeito melhor ainda, coordenar looks monocromáticos.

Além disso, quanto mais a gáspea mostra o comecinho dos dedos, mais feminina o look gente fica, já que essas fendinhas tem uma conotação super sexy! Nos dias mais frios, vale acompanhar a cor do sapato com a cor da meia-calça, pra compor um bloco só e fazer alongar a silhueta visualmente.

Gáspeas altas e a silhueta

Quem é mais baixinha e curte esses modelos de sapato com gáspea alta (como eu), não deve deixar de usar o sapato favorito só por causa da silhueta alguns centímetros mais achatada, né?

Além das dicas que eu já dei aqui em cima, também vale a pena prestar atenção na seguinte fórmula: “quanto mais a gáspea sobe, mais o comprimento da roupa sobe junto”. Isso vai manipulando a quantidade de perna que a gente mostra, e compensa o pedaço de perna que a gente perde no pé, porque quanto mais perna de fora, mais alta (e magrinha) a gente parece.

Facebook Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *