Estilo

O que é ter estilo?

O que é ter estilo?

Algumas mulheres quando me procuram citam que querem ter estilo, e uma das primeiras coisas que eu explico pra elas é que todo mundo tem estilo. Mas antes de dizer o que é ter estilo, eu preciso explicar o que NÃO É ter estilo:

O que não é ter estilo?

Ter estilo não tem nada a ver com só usar o que está na moda e e nem seguir todas as tendências, e muito menos ter um guarda-roupas lotado.

Você também não precisa comprar só roupas caras ou de grife para ter estilo ou estar bem vestida, e se você acompanha o meu trabalho já viu que eu sou super a favor do consumo consciente e de comprar apenas o que faz sentido, gastando o mínimo possível.

Também é importante dizer que ter estilo é diferente de ser estilosa, pelo menos no senso comum! E tanto ter estilo quanto ser estilosa também pode variar de pessoa pra pessoa! Mas e então, o que é ter estilo, afinal?

O que é ter estilo?

Estilo é o resultado das nossas escolhas na hora das compras e como a gente usa e coordena as roupas que temos, somado à nossa rotina e as demandas do dia-a-dia, ao nosso estilo de vida e à nossa personalidade.

Na consultoria de estilo, eu ajudo às minhas clientes a identificar e transformar isso tudo em looks coerentes com quem elas são, com os seus objetivos de vida e com a mensagem que elas querem transmitir ao mundo (a roupa é uma ferramenta de comunicação muito poderosa!!), e a comprar apenas o que vai reforçar essa imagem de forma positiva.

Ter estilo é conseguir comunicar externamente quem nós somos internamente – sem precisar falar uma só palavra!

É possível mudar de estilo?

Essa dúvida é super comum, principalmente quando você tem coisas muito diferentes entre si no guarda-roupas, como uma calça jeans destroyed, uma calça de alfaiataria e um vestido rodado super romântico, por exemplo. Mas a verdade é que você escolhe todas as peças que compra e usa (mesmo as mais diferentes) pelo mesmo motivo, mas não sabe disso! E é aí que a consultoria de estilo te ajuda!

Na consultoria de estilo a cliente descobre porque comprou as peças que tem, porque gosta mais de uma peça que de outra, porque não consegue usar uma peça que acha bonita, e quando esses motivos se tornam conscientes, ela descobre que o estilo dela está em cada uma daquelas peças – mesmo sendo visualmente tão diferentes!

Na metodologia que eu trabalho, isso é chamado de prioridade de alma. Você escolhe as suas roupas de acordo com a sua essência, com quem você é e sempre será. E em alguns momentos da vida, a gente precisa alinhar essas prioridades e essas escolhas com as demandas da nossa rotina, como um emprego novo, uma nova forma de se relacionar com o corpo, os lugares que a gente frequenta, onde a gente mora, etc., e isso é chamado de prioridade de vida.

Eu falo dessas prioridades aqui, e você pode fazer um exercício de autoconhecimento para identificar as suas (uma prioridade de alma e uma prioridade de vida), e a partir daí, entender melhor as suas escolhas, as suas dificuldades, porque não usa alguma roupa específica, e aí, entender o seu estilo.

Respondendo à pergunta, ninguém muda de estilo. Você pode usar peças diferentes que te possibilitem a mesma sensação que é importante pra você, usar peças que vão falar melhor de você e de quem você é, de acordo com o seu estilo – que continua o mesmo, mas numa versão melhor! E, claro, incluir peças novas e diferentes, de acordo com novas coisas que você vai descobrindo sobre você ao longo da vida!

Como ter estilo?

Se mesmo depois de ler tudo que eu falei aqui, você continua achando que não tem estilo, vou te ajudar a descobrir como ter estilo:

  • Descubra o que você gosta, o que é coerente com quem você é e o que te valoriza, pois isso vai te deixar mais confiante. Não existe estilo sem autoconhecimento, e essa combinação gera autoestima e confiança! Conhecer os 7 estilos universais pode te ajudar!
  • Foque em valorizar o que você mais gosta no seu corpo ao invés de focar em disfarçar o que você não gosta tanto assim. Eu falo sobre isso aqui!
  • Compre peças pela mensagem que ela te passa, e para as sensações que quer ter, e não para situações específicas, porque a gente repete essas necessidades, mesmo em situações e eventos diferentes!
  • Experimente! É só testando novas formas de usar as suas peças, experimentando peças novas e exercitando a criatividade que você consegue sair da zona de conforto, e descobrir que você gosta de uma peça específica e que o que você achava que não combinava com você, fica super legal!
  • Veja todo dia como um dia especial, que merece usar uma roupa especial.

E se ainda assim essa tarefa parecer difícil, me manda um email que eu te ajudo, presencialmente aqui no RJ ou online pra esse mundão todo! 🙂

 

Facebook Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *