Corpo, Estilo

Looks de grávida para a mulher de cada estilo

Looks de grávida para a mulher de cada estilo

Não é só porque a mulher está grávida que ela deve deixar de lado o estilo pessoal dela, e nem começar a usar vestidinhos com cara de grávida. É claro que a gravidez é uma prioridade de vida que demanda algumas mudanças na forma de se vestir, e por isso é um dos motivos que as mulheres mais contratam uma consultora de estilo, mas eu vou começar esse texto dizendo pra você o que eu falo para as minhas clientes grávidas: É possível continuar se vestindo de acordo com o seu estilo durante a gravidez. Se você ainda não sabe o seu, clique aqui para descobrir.

A primeira dica que eu dou para as minhas clientes grávidas é continuar comprando roupas na sua loja favorita ao invés de comprar roupas em lojas para gestantes, porque é provável que tenha algo do seu estilo e que você pode continuar usando depois que o bebê nascer. Veja mais dicas que eu dou sobre estilo na gravidez aqui.

Vou mostrar algumas opções de looks de grávida de acordo com os 7 estilos universais, para te ajudar a continuar se reconhecendo como mulher – apesar da barrigona! 🙂

Grávida com estilo clássico/tradicional

A grávida com estilo clássico/tradicional vai continuar priorizando cores neutras e peças clássicas durante a gravidez, para não chamar muito a atenção e nem precisar se desfazer das peças depois que o bebê nascer.

Grávida com estilo criativo

A grávida criativa vai continuar fazendo mix de estampas e coordenando cores e texturas, e vai usar camisetas com frases engraçadas com referência à gravidez para se divertir ao se olhar no espelho e que outras pessoas se divirtam ao vê-la também.

Grávida com estilo elegante

A mulher elegante gosta de se sentir bem vestida e com peças que tenham o caimento impecável, e por isso, vai evitar peças grandes demais e tecidos como malha, muito comum durante a gravidez, por causa da elasticidade.

Grávida com estilo esportivo/natural

Aqui a palavra chave é conforto. Peças que acomodem bem a barriga e que não incomodem, sapatos que não deixem a perna inchar ou ficarem doloridas, e roupas mais larguinhas ou com mais algodão na composição, para deixar o corpo transpirar.

Grávida com estilo moderno/dramático

A grávida que tem o estilo moderno/dramático não vai abandonar os looks “total black” e também vão continuar usando peças minimalistas estruturadas ou com assimetrias, sem marcar muito a silhueta.

Grávida com estilo romântico

A mulher romântica adora vestidos e peças delicadas, acessórios com laços e flores – e isso vai intensificar principalmente se ela estiver grávida de menina.

O cinto, que antes marcava a cintura, sobe um pouco mais, fazendo um decote império, marcando a barriga logo abaixo dos seios.

Grávida com estilo sexy

Não tem nada de errado em querer se sentir sexy enquanto está grávida! Você está carregando um bebê, mas continua sendo uma mulher e não precisa se sentir culpada por querer elogios do tipo “você continua linda” ou “nem parece que está grávida”, e nem querer chamar a atenção para outras partes do corpo além da barriga, usando peças mais decotadas, roupas curtas ou mais justas, ou com alguns recortes estratégicos.

 

Se quiser mais inspirações de look, siga minha página no Pinterest. Tem uma pasta só com looks de grávida lá!

 

Facebook Comments

2 Comments

  1. Luciana

    É verdade que não precisa ficar comprando roupas específicas de grávida. Na minha gravidez eu só comprei uma bermuda, uma calça e um vestido que eram de grávida. Como engordei pouco acabei usando muitas peças de malha que eu já tinha. Só que depois que voltei ao peso normal acabei notando que as roupas deram uma esticada na região da barriga. E depois de voltar o corpo o que eu mais queria era usar roupas mais ajustadas. Mesmo não tendo feito muitas compras e usado roupas que já tinha, acabei vendo necessidade de me desfazer de muitas peças depois da gravidez. Talvez eu tenha mudado um pouco de estilo também… Durante a gravidez o que me ajudou a não ficar comprando muitas peças foi encaixotar tudo que ia parando de servir. Assim eu tinha noção exata do que me servia dentro do guarda roupa e não ficava louca achando que tinha um guarda roupa lotado e nada me servia. Parabéns pelo post! Com exceção dos saltos altos, que acho complicado usar grávida, excelentes referências. Deixo uma sugestão: depois do post para grávidas que tal um post para quem amamenta? Mamães que amamentam tem algumas preocupações específicas como tecidos que não amassam muito, cores que não aparecem tanto sujeiras, decotes mais abertos, blusas de botões, tecidos que não pinicam o bebê, etc.

    1. priscila Author

      Oi Luciana, fico feliz que tenha gostado. Maravilhoso esse seu depoimento sobre encaixotar as peças que não servem mais. Eu dou essa dica para as minhas clientes também, pra não dar a falsa impressão de que tem roupa demais!
      Eu fiz um texto com dicas de roupas para amamentar no Superela: http://superela.com/roupas-para-amamentar
      Espero que te ajude!
      Beijos

Comments are closed.