Dress code

O que vestir pra uma entrevista de emprego?

O que vestir pra uma entrevista de emprego?

Esse texto não é igual aos outros textos sobre isso na internet porque além da minha experiência como consultora de estilo eu sou psicóloga e trabalhei em Recursos Humanos por 11 anos, entrevistando pessoas em empresas de segmentos e portes diferentes, para cargos diferentes, e por isso posso te ajudar a escolher o que vestir pra uma entrevista de emprego.

Numa entrevista de emprego vale a máxima “A primeira impressão é a que fica”, e infelizmente, em todas as situações da vida, somos julgadas pelas roupas que vestimos e pelo que falamos, e nem sempre a gente pode “não estar nem aí” pra opinião alheia, como no caso da entrevista de emprego.

Estudos comprovam que 38% do que é absorvido numa conversa é o que você diz (conteúdo), 7% como você diz (tom da voz, velocidade e ritmo) e 55% é como você se apresenta! CINQUENTA E CINCO POR CENTO! Por isso, não adianta ter um currículo maravilhoso, e não estar vestida adequadamente pra entrevista de emprego, porque a sua apresentação pessoal vai prejudicar o que você tem a dizer! Ao invés de prestar atenção no que você diz, o entrevistador vai estar te julgando pela sua roupa, e por isso que a maioria dos artigos que tentam responder à essa pergunta dão o mesmo conselho: cores neutras e roupas clássicas!

E também é por isso que eu estou escrevendo esse texto: Eu acredito que não existe uma roupa certa para todo mundo, pra todos os cargos e todas as empresas! Mas então, o que vestir numa entrevista de emprego, afinal?

O que considerar na hora de escolher o que vestir pra uma entrevista de emprego:

Saber essas informações vai te ajudar bastante:

Em que empresa vai fazer a entrevista?

Descubrir o que essa empresa faz ou vende, qual o segmento dela e se é uma empresa multinacional, grande ou pequena é fácil, basta olhar o site da empresa. Como os funcionários se vestem pra trabalhar lá? Tem um dresscode definido? As pessoas usam uniforme? Você pode descobrir indo até a porta da empresa no horário do almoço ou vendo fotos de funcionários marcadas na localização do instagram! 🙂

Por que é importante saber isso? Por que o entrevistador precisa te ver como parte da empresa, e te “enxergar” interagindo com a equipe, e quanto mais parecida com eles (chefe e colegas de trabalho) você parecer, maiores as chances de você ser aprovado!

Se você for de tailleur para a entrevista numa empresa super informal, onde as pessoas usam havaianas e shorts jeans para trabalhar (como é comum em empresas de moda aqui no Rio ♥), é provável que o entrevistador te ache inadequada para o cargo, por não se adequar ao ambiente. O contrário também acontece: Se você aparecer de vestido de alcinha e sandália para a entrevista num escritório de contabilidade onde todo mundo usa uniforme, você pode ser visto como alguém que não obedece regras, que tem um “espírito livre”, e também ser reprovada, porque a sua roupa passa mensagens contraditórias ao seu discurso. Entende?

Que cargo você vai ocupar?

Você vai lidar com o público ou com clientes? Vai lider pessoas? Tem cargo que é, por si só, formal ou informal, independente da empresa. Uma advogada, por exemplo, sempre vai estar vestida de forma mais formal mesmo trabalhando numa empresa de moda, e um profissional de mídias sociais pode usar roupas mais descontraídas, mesmo trabalhando num escritório de advocacia.

Qual o seu estilo?

Você é uma mulher que se veste de forma clássica, básica, mais criativa ou despojada? Descubra aqui.

Uma das maiores demandas do meu trabalho como consultora de estilo é ajudar a adequar estilo pessol e dress code profissional, e isso é importante porque quem gosta de se vestir de forma mais formal não vai conseguir se adaptar a uma empresa onde todo mundo trabalha de tênis e jeans tão facilmente, porque não vai se sentir “parte do grupo”, assim como quem é mais criativa e gosta de se vestir de forma autêntica vai sofrer por passar 9h do seu dia usando uniforme, estando vestida igual a todo mundo.

Quem se acha mais bonita usando roupas mais coloridas vai ficar de baixo astral se só puder usar cores neutras pra trabalhar, e quem odeia perder tempo escolhendo o que vai vestir todos os dias vai ser a pessoa mais feliz do mundo trabalhando em uma empresa que tenha uniforme.

Essas dicas parecem incoerentes?

Se você acompanha o meu trabalho, sabe que sempre incentivo as pessoas a usarem o que gostam e querem, e a gente pode (aliás, deve!) mostrar quem a gente é na entrevista, e o que eu quero dizer é que isso é possível mesmo tentando parecer adequado para conseguir ser aprovado na entrevista de emprego. Você pode inserir sua personalidade e mostrar quem é na escolha das cores, tecidos, texturas, modelagens… nos acessórios, na maquiagem… e deixar pra estar “nem aí pra opinião alheia” quando a opinião alheia não puder te prejudicar profissionalmente. A opinião das suas vizinhas não é importante. A opinião da ex do seu namorado não é importante. Mas numa entrevista de emprego, o ideal é saber equilibrar estilo e adequação!

E se o seu estilo for super criativo e você achar que vale a pena usar terninho preto com camisa branca todo dia numa empresa muito bacana, com um salário legal, no cargo dos seus sonhos (ou num emprego que pague as suas contas, porque hoje não tá dando pra escolher muito, né? ♥) tudo bem também! Nos finais de semana e feriados você não precisa cumprir regras de dress code e pode usar o que quiser!

Facebook Comments