Como usar, Corpo

Como usar a calça branca a favor da sua silhueta

Como usar a calça branca a favor da sua silhueta

Eu já falei aqui várias vezes que nenhuma peça tem o poder de engordar ou emagrecer ninguém sozinha, e sim que esse efeito é causado pela forma como as peças são coordenadas. Mas como a calça branca carrega o estigma de ser uma peça proibida pra quem tem o quadril largo e o bumbum grande ou está acima do peso, resolvi explicar porque isso é um mito e dizer mais uma vez que ao coordenar essa peça com outra peça, você pode quebrar esse efeito ou ainda aumentar esse potencial.

Se você é uma dessas pessoas que sempre pensou assim, não deixe de ler esse artigo e aproveita que as peças brancas que não foram vendidas pro réveillon estão todas em promoção! Eu dei dicas sobre como usar roupas brancas aqui e aqui!

Calça branca para quem é baixinha

Quem é baixinha como eu (que tenho 1,56m), pode investir em uma calça branca modelo skinny, de cintura média ou alta, porque são os modelos que mais ajudam a alongar a silhueta. Lembre que ao dobrar a bainha, você quebra a silhueta, e isso pode achatar um pouco.

A calça flare e a pantalona também podem garantir alguns centímetros a mais, principalmente porque você vai precisar usar um sapato com salto mais alto.

Calça branca para quem tem bumbum grande e quadril largo

Eu já falei aqui várias vezes que duas mulheres com o mesmo tipo de corpo com a mesma roupa vão ter o mesmo resultado, e se você gosta de ter o bumbum grande e quadril largo, pode usar calça branca sem medo nenhum, do jeito que você quiser!!! Essas dicas abaixo são especificamente para quem quer disfarçar essas características, porque o que é bonito pra uma pessoa é feio pra outra e nem todo mundo gosta das mesmas coisas, né? Eu por exemplo, AMO ter bumbum e quadril e não disfarçaria! 🙂

Para quem quer disfarçar bumbum grande e quadril largo, ou deixar a silhueta mais equilibrada, o ideal é optar pelos modelos boot cut e flare, que chamam a atenção para os pés e equilibram a largura dos quadris com as pernas.

As calças retas são as ideais, e vale pensar também no tecido. Os tecidos mais finos marcam mais, e podem marcar tanto a calcinha quanto as marquinhas de celulite, por exemplo. Para evitar marcar tudo isso, prefira a calça branca de crepe, sarja e jeans, por exemplo.

Pra completar, uns truques de estilo para disfarçar o quadril:

  • Na parte de cima, use blusas coloridas e estampadas, para chamar a atenção e desviar o olhar da parte de baixo.
  • Também vale usar blusas mais compridinhas, assim como coletes, jaquetas e blazers.
  • Coloque só a frentinha da blusa pra dentro da calça, como nessa foto da minha cliente, no instagram.

Calça branca combina com coxas grossas?

A resposta para essa pergunta você que precisa dar, já que eu não sei como é a sua relação com as suas coxas grossas. Calça branca combina com coxas grossas de quem gosta delas… e pode combinar se você não gostar tanto assim, dependendo do modelo da calça branca que você comprar e como usá-la:

Prefira as calças de modelagem reta, flare e com o caimento mais soltinho, como a pantalona, por exemplo. Essas peças equilibram a silhueta, fazendo com que a parte de cima das pernas não pareça tão mais grossa que a parte de baixo.

Que sapato usar com calça branca?

Como estamos falando da relação da calça branca com a silhueta, a dica aqui é especialmente para as mulheres mais baixinhas, que buscam formas de parecerem mais altas (ou de não quebrar a silhueta).

Se é o seu caso, prefira sapatos de tons claros, para não contrastar com a calça, principalmente se for um sapato fechado. Se for uma sandália de tiras fininhas, pode ser mais escuro, desde que deixe bastante pele de fora (peito do pé), para dar a sensação de continuidade.

Calça branca no inverno

Muita gente descarta a possibilidade de montar looks com calça branca no inverno, mas a verdade é que é possível fazer muitos looks bonitos nos dias mais frios e fugir do óbvio que é usar cores mais escuras durante essa época.

Além das dicas que já dei anteriormente, vale dar uma olhada na previsão do tempo, para evitar molhar a barra da calça em poças d’água ou respingar lama, por exemplo.

Para as baixinhas, o cuidado com o sapato é o mesmo. Compare os exemplos acima com esses abaixo, com as botas pretas quebrando a silhueta:

Ficou alguma dúvida de fora desse texto? Comenta aqui pra eu te responder e completar as dicas, que podem ajudam outras pessoas também! 🙂

 

Facebook Comments

2 Comments

  1. Não dava a mínima para a tal calça branca até experimentar uma skinny bem confortável há algumas coleções… ela é tão elegante, não é? E, de fato, ela parece alongar a silhueta, embora eu não goste do modelo tanto quanto gosto da mom.

    Adorei o texto. Conheci o blog pelo post sobre coloração pessoal e análise cromática; é um dos poucos textos completos que tenho lido sobre o assunto. Fiquei curiosa em relação aos acessórios: entendi que boa parte das cartelas é neutra, usando tanto prata quanto ouro, mas e quanto ao brilho e ao contraste?

    Digo isso porque acho que sou Outono Profundo, como você, e de-tes-to a maioria das jóias/bijuterias. Fico com uma cara envelhecida tanto com prata quanto com ouro de aspecto polido, brilhante demais.

    Abraços!

    Reply
    1. priscila Author

      Oi Bárbara! Obrigada pelo carinho e pelo feedback!
      Quanto à nossa cartela de coloração pessoal, como as cores são mais suaves, os acessórios também não devem ser muito brilhosos, principalmente se eles forem muito grandes. O contraste dessa cartela GERALMENTE é médio, então também pode contrastar muito com os tons mais terrosos e opacos se forem muito vivos e intensos!
      Espero ter ajudado!
      Beijos

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *