Como usar, Consultoria de estilo

Preto não fica bem em todo mundo

Preto não fica bem em todo mundo

No primeiro sábado do ano eu fiz uma análise de coloração pessoal avulsa, para uma menina que não queria fazer a consultoria de estilo mas queria conhecer as cores que mais a favorecem, e ao saber que a cartela dela era Primavera Pura (que eu vou mostrar abaixo) e que não tinha preto, ela ficou desesperada, porque a maioria das roupas dela era preta, e ao contrário do que todo mundo pensa, preto não fica bem em todo mundo.

A primeira vez que eu falei sobre isso no instagram foi em 2015 (me segue lá!), quando dei algumas dicas que ensinei na época para uma cliente que também não ficava bem de preto:

Eu não ia dizer para essa cliente jogar todas as peças pretas dela fora, assim como falei pra cliente da análise de coloração que se ela se sentisse linda com aquelas roupas dela, ou usasse maquiagem, ou um colarzão dourado ou na coloração dela, ela já teria resolvido o “problema”. A análise de coloração é uma ferramenta para ajudar e não para dificultar a vida! E roupa fala de estilo, personalidade… então se você gosta de preto, tem várias formas de continuar usando – independente da sua coloração pessoal! Aliás, não deixe de ler as dicas sobre como usar preto no calor!

Porque preto não fica bem em todo mundo?

Apesar de o preto ser uma cor neutra e universal, o que a maioria das pessoas tem como certeza absoluta, que é que preto combina com tudo e fica bem em todo mundo não é verdade. Na verdade, podemos dizer que o preto não fica bem em quase ninguém, já que a maioria das cartelas não tem preto!! (Siiiim!)

Por ser uma não cor, ou seja, a ausência de cores (enquanto o branco é a soma de todas as cores) e de luz, o preto não combina com cores muito coloridas, ficando melhor com outras cores neutras escuras e cores coloridas também mais escuras, como o roxo, azul caneta, vermelho cereja, e outros, já que cor é luz e a luz influencia na nossa imagem, de forma positiva ou negativa, ou seja, realçando ou disfarçando os nossos “defeitinhos”.

Outra característica da coloração pessoal que é analisada é o contraste pessoal, e como o preto contrasta muito com a maioria das cores, a sugestão que eu dou para as minhas clientes que não tem preto na cartela, e precisam usar cores neutras é aderir ao azul marinho e ao cinza chumbo, por exemplo, que são neutros mais interessantes e contrastam menos. Veja como substituir o preto por cores neutras coloridas.

As cartelas de coloração pessoal

Eu já falei sobre coloração pessoal aqui, mas se você ainda não leu e tá mais interessada em saber porque o preto não combina com todo mundo, vale o resuminho: A análise de coloração pessoal é uma técnica que analisa o sub-tom da pele das pessoas, que têm características que reagem a um determinado conjunto de características das cores, que acentuam ou disfarçam aqueles pequenos “defeitinhos” que temos no rosto, como olheiras, marcas de expressão, espinhas, rugas, manchas e outras coisas que a gente gostaria de não ter e perde um tempão com maquiagem, para esconder.

Quando eu faço a análise de coloração pessoal, o resultado chega a uma das 12 cartelas do método sazonal expandido, que é o método que eu aprendi na Oficina de Estilo, onde me formei consultora de estilo. E, cada uma delas tem uma reunião de características, como temperatura (se tem cores quentes ou cores frias), intensidade (se tem cores suaves / opacas ou intensas) e valores (cores claras ou escuras). Essas são as cartelas:

As estações do ano não foram usadas aleatoriamente no nome dessas cartelas, e sim porque as características das cores de cada estação do ano representam um tipo de pessoa/cartela:

– Na primavera, as cores são quentes e suaves, quase que se misturando entre si.

– No verão, a suavidade continua, mas os tons são mais azulados e frios.

– No outono, as cores são mais intensas e quentes – os tons terrosos como o marrom e o laranja predominam.

– No inverno, as cores são frias e bem definidas e também saturadas.

Provavelmente, as cores de mais de uma cartela ficarão bem em você, mas a diferença é que uma ficará boa e a outra perfeita, assim como se você usar o preto ou uma outra cor que não está na sua cartela, ou usar uma cor da sua cartela. E é o que eu sempre digo para as minhas clientes: Com as cores da sua cartela você vai ficar MAIS bonita, mas outras cores também podem ser boas!!

Como saber se você fica bem de preto?

Se você quiser saber se fica bem de preto ou não, prenda o cabelo, tire a maquiagem e segure um tecido preto próximo ao rosto, logo abaixo do pescoço, porque a luz vai reagir com o tecido e com o seu rosto. Na frente do espelho, com luz branca direta ou (preferencialmente) com a luz natural entrando pela janela, olhe bem para o seu rosto e perceba cada detalhe. Depois, tire o tecido da frente e perceba seu rosto novamente – e faça esse exercício quantas vezes for necessário para você conseguir perceber como cada detalhe [olheiras, manchinhas, olhos, lábios…] reage na presença do preto.

Se não conseguir ver diferença ou quiser um serviço mais completo, com a Análise de coloração pessoal completa, a cartela de cores e um dossiê personalizado, cheio de dicas sobre como usar as melhores cores e como usar o preto mesmo que ele não esteja na sua cartela, entra em contato por aqui ou manda um email pra priscila@vestindoautoestima.com.br e solicite o valor do serviço!

O resultado da análise de coloração completa vai te ajudar não apenas com as suas roupas, mas também com a maquiagem e seus acessórios – e principalmente, com a sua autoestima!

 

Facebook Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *