Consultoria de estilo, Consumo Consciente

Como montar um guarda-roupas versátil com poucas peças

Como montar um guarda-roupas versátil com poucas peças

No mês passado eu falei aqui sobre o armário cápsula e dei dicas para viver com poucas peças, e apesar de ser possível viver com um guarda-roupas bem reduzido, a ideia pode parecer muito radical para você, e então o texto de hoje é para ajudar a montar um guarda-roupas versátil com poucas peças.

Em 2014, quando eu me formei em consultora de estilo, aprendi que a fórmula ideal do guarda-roupas é 5×1, ou seja, para cada peça que a gente tem no guarda-roupas, a gente precisa conseguir coordenar com outras 5 peças completamente diferentes entre si. Sim! Não vale considerar aquela camiseta de malha que a gente usa com 5 calças jeans, ou aquela calça social preta que você com 5 camisas sociais de cores ou estampas diferentes. O ideal é que cada vez que você use a peça, ela pareça uma peça diferente justamente pela forma que você coordena. Se você usa a mesma peça sempre da mesma forma, ela fica sempre com a mesma cara, e consequentemente, você também.

Hoje eu faço isso com o meu guarda-roupas, com as roupas das minhas clientes da consultoria de estilo, e agora vou ajudar a vocês a montar um guarda-roupas econômico e versátil. Vamos lá:

1º passo: Pegue a peça que você MAIS USA. Pode ser a camiseta de malha com a estampa da sua banda favorita, por exemplo.

2º passo: Coloque a peça em cima da cama e pense num primeiro look com ela. Agora descarte essa primeira possibilidade, porque provavelmente é a que você sempre faz. Vamos começar coordenando a camiseta com uma peça de alfaiataria, para dar um UP na informalidade dela.

3º passo: Vamos pensar no segundo look. Que tal usar com aquela saia midi plissada, que é super feminina e delicada? Ah! Dá um nózinho no lateral da blusa! Fica um charme!

Nesse texto aqui eu dou dicas sobre como usar tênis branco e montar looks interessantes como esse.

4º passo: Para o terceiro look, vamos pensar num look para o casual day na empresa. Que tal usar a camiseta com uma saia lápis de alfaiataria e uma jaqueta jeans (ou um blazer de brim, que é mais casual) e um scarpin colorido?

As camisetas com estampa centralizada como essas são ótimas para fazer mix de estampas em nível “iniciante”, justamente por ter apenas uma estampa centralizada.

5º passo: Por falar em mix de estampas, sabe outra forma de coordenar peças estampadas? Usando peças com cores em comum! Isso é um exercício, então, a ideia é experimentar!! Vai pra frente do espelho e fica tempo suficiente pra se acostumar com a ideia, antes de dizer que “não gosta” ou que “só fica bem nos outros”.

Para mais dicas sobre mix de estampas, clique aqui.

6º passo: Faça sobreposições diferentes. Que tal usar a camiseta por baixo do vestido e entrar na moda? Também pode ser em cima da camisa jeans, ou de uma blusa de manga comprida, pra proteger do frio de uma forma diferente.

Apesar de eu ter escolhido uma peça básica e “fácil” pra ilustrar o post, eu tenho CERTEZA de que tem muita gente que não usa uma camiseta de malha de maneiras tão diferentes como as que eu sugeri aqui nesses exemplos. Se você é dessas, experimenta essa fórmula aí.

O próximo passo para ter um guarda-roupas versátil com poucas peças é repetir esses passos com as outras peças que você tem mais facilidade de usar até chegar naquela que você comprou e nunca usou. Se não conseguir montar cinco looks com elas, contente-se com três coordenações. Se você só conseguir pensar em menos de três looks com alguma peça, é sinal de que ela não combina com a sua vida, sua rotina ou com o seu corpo, e aí você pode pensar em doar ou vendê-la! Desentulhe o guarda-roupas! Ter peças que não usa só atrapalha!

Como ter um guarda-roupas funcional

Se você quiser mais dicas para fazer as suas peças funcionarem, veja a minha palestra online gratuita, “Guarda Roupa Funcional: Dicas de como fazer o seu guarda-roupas trabalhar para você”, clicando aqui.

Facebook Comments