Consultoria de estilo

Estilo é intenção e prioridade

Estilo é intenção e prioridade

Tem uma frase da atriz e cantora Dolly Parton que diz “Descubra quem você é e então seja você de propósito”, e além de fazer muito sentido, é exatamente o que eu faço na consultoria de estilo, que é descobrir quem a cliente é e ajudá-la a ser ela mesma de propósito, de acordo com as suas prioridades.

Esse assunto é super complexo, e rende vários outros textos, porque como eu também sou psicóloga, falar sobre a essência das pessoas realmente me encanta! Mas, hoje eu vou tentar ser prática para ajudar a te fazer pensar sobre esse assunto inicialmente, e depois eu volto aprofundando mais o assunto, tá?

Estilo é intenção

Falar que estilo é intenção é dizer que você precisa saber a mensagem que quer passar com a roupa que está usando.

Você precisa saber que quer parecer sexy pra conseguir se vestir de forma sexy. Você precisa saber que quer estar confortável, criativa, elegante, moderna ou adequada para conseguir se vestir de forma coerente com a sua intenção.

É claro que em alguns momentos é mais fácil saber qual a sua intenção. Se você vai numa entrevista de emprego, por exemplo, é normal querer parecer adequada. Se você vai a um encontro, é possível que você queira parecer ser sexy. Se você vai fazer uma viagem longa e ficar horas no carro ou avião, talvez você queira se sentir mais confortável que os outros dias.

Mas, a verdade é que a gente tá acostumada a pensar nessas intenções apenas em dias e situações “especiais”, e acaba deixando essa intenção de lado no dia-a-dia, que é quando a gente constrói a nossa imagem pessoal e o nosso estilo.

Intenção e prioridade

Eu já falei sobre as prioridades no vestir aqui antes, e como essa é a base do meu trabalho na consultoria de estilo, é por aqui que eu começo a explicar para as minhas clientes a ver intenção nas peças que compra ou que tem no guarda-roupas.

Me usando como exemplo fica mais fácil entender: A minha prioridade de alma é conforto, e a minha prioridade de vida é decoração. Toda vez que eu escolho uma roupa no meu armário, ou compro uma roupa nova, ela precisa cumprir esses dois requisitos, o que significa que ela deve estar coerente com a minha prioridade de alma e de vida, me fazendo me sentir confortável e criativa.

Eu sempre mostro alguns looks meus lá no instagram, e mesmo que você não ache os meus looks criativos, essa é a minha intenção – e pode ser diferente da minha, claro, porque somos diferentes, mas eu me sinto criativa, porque uso elementos que significam criatividade pra mim, como combinar cores e usar peças com assimetrias, por exemplo.

View this post on Instagram

Dicona pro look do Casual day amanhã e pra todo mundo que quer começar a usar mais cor: ➡️ quando você coloca uma terceira peça de cor neutra por cima de um look mais colorido ou estampado, essa peça ajuda a dar uma "acalmada" na ousadia! Então, vale usar com a terceira peça durante o expediente e depois tirar ela pra ir ao happy hour, ou usar quando estiver insegura sobre muitas cores juntas! 😎 ➡️ Esse truque também serve pra "proteger" o rosto quando você usar uma peça de cor diferente da sua coloração. Essa blusa, por exemplo, é mais fria que a minha cartela 🎨, que é outono profundo, e que por ser uma cor com profundidade, também valoriza, já que a característica principal da minha cartela é a profundidade! 😉 • • • #consultoriadeestilo #personalstylist #estilopessoal #rj #estilo #ootd #lookdodia #lookexplicado #021 #outonocarioca #maiscorporfavor #suascores #coloraçaopessoal #styling #niterói #casualday

A post shared by Vestindo Autoestima (@vestindoautoestima) on

Isso também ajuda MUITO na hora de decidir entre se desapegar ou não de uma peça. Às vezes, a peça parece muito careta ou clássica demais para quem tem prioridade de vida decoração (eu adoro alfaiataria, por exemplo), mas se eu gosto dessas peças e elas cumprem o requisito “prioridade de alma” e é da minha coloração pessoal, por exemplo, eu penso numa forma de usar essa peça de forma mais criativa.

Se eu conseguir pensar em possibilidades com essa peça que mesmo sendo “careta” sozinha (nada é uma coisa só de forma absoluta), pode estrelar um look mais criativo, ela fica no guarda-roupas. Se eu não conseguir pensar em alguma coisa que deixe ela mais criativa para fazer sentido na minha vida atual, eu me desfaço da peça (ou contrato uma consultora de estilo pra pensar em algumas possibilidades por mim rsrs).

O que é um look sem intenção e prioridade?

Quando você não coloca intenção na roupa que vai vestir, e nem pensa nas suas prioridades, essa roupa cumpre apenas o papel funcional dela, que é cobrir o seu corpo.

Eu escolhi essa foto de capa porque a maioria das minhas clientes associa a estampa xadrez com festa junina, e às vezes esse rótulo atrapalha, porque diminui a versatilidade da peça, que pode ser usada em outras situações (eu AMO estampa xadrez e é super clássica!!), mas saber que você tem essa imagem te ajuda a não comprar alguma peça xadrez só porque está na promoção, por exemplo, porque você sabe que a peça vai ficar parada no guarda-roupas até a próxima festa junina! Aliás, eu fiz aqui no site um texto pra te ajudar a usar xadrez sem ficar com cara de festa junina!

A gente precisa se vestir todos os dias, para quase tudo na vida, e você pode se vestir de forma coerente com quem você é, ou simplesmente colocar roupas aleatórias no seu corpo, sem se identificar com aquela imagem que vê no espelho. É isso que acontece quando o seu look não tem intenção e nem está alinhado com as suas prioridades: Você parece fantasiada de outra pessoa, que não é quem você é, nem quem você quer parecer! 🙁

 

Facebook Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *